NICOLAU BREYNER

 

Nicolau Breyner nasceu em 1940 e foi um dos mais conceituados e acarinhados actores portugueses. Para além de actor foi também autor (foi co-autor da primeira novela portuguesa – Vila Faia), realizador e produtor. Em televisão participou como actor e/ou realizador em inúmeras séries e novelas das quais se destacam “Gente fina é Outra Coisa” (1982), “Vila Faia” (1982), “Os homens da Segurança” (1988), “Origens”(1993), Nico d’Obra” (1993/1994), “ A Ferreirinha” (2004), “Louco amor” (2012), entre muitos outros. Em cinema, deixou a sua marca em incontáveis produções: “ O Barão de Altamira” (1986), “Jaime” (1999), “Os imortais” (2003), “A Bela e o Paparazzo” (2009), “O Contrato” (2009), “Teia de Gelo” (2012), “7 Pecados Rurais” (2013), entre outros. Em 2014, com o intuito de sistematizar e partilhar os seus ensinamentos e métodos, NICOLAU BREYNER funda a NB ACADEMIA.

 

EQUIPA E CORPO DOCENTE 

ANTÓNIO SILVA E SOUSA

(GESTOR DE FORMAÇÃO E DOCENTE NA ÁREA DE INTERPRETAÇÃO)

 

António Silva e Sousa é docente da NB Academia de Atores, desde 2014. Licenciado como Ator e como Encenador pela Escola Superior de Teatro e Cinema, trabalhou como ator e como assistente de produção, com importantes encenadores e atores portugueses, em salas como o Teatro Nacional, a Fundação Gulbenkian e o Teatro Experimental de Cascais. Produziu, escreveu e encenou espetáculos independentes, em diversos espaços de Lisboa. 

 

Vanda_edited.jpg
VANDA ANTUNES

(COORDENADORA PEDAGÓGICA)

 

Vanda Raquel Ramôa Antunes é Licenciada em Educação, Pós-Graduada em Supervisão Pedagógica e Mestre em Ciências da Educação. Iniciou a sua carreira como Diretora Técnica durante 13 anos numa IPSS, tendo efetuado em 2014 uma paragem neste seu percurso abraçando um Projeto Educacional em Angola, Luanda, ao serviço da Dra. Carla Ribeiro, ex-Ministra dos Transportes de Angola na sua rede escolar "OS PITRUQUINHAS". Durante o seu percurso foram várias as formações frequentadas ao nível do enriquecimento profissional e em Outubro de 2021 é convidada pela Nicolau Breyner Academia/Escola Profissional a abraçar o projeto de formação de atores, desempenhando as funções de Coordenadora Pedagógica.

 

GUILHERME FILIPE

(DOCENTE NA ÁREA DE INTERPRETAÇÃO E DRAMATURGIA)

 

Com formação em Filologia Germânica, pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, trabalhou como professor de inglês e alemão no ensino secundário. Em Outubro de 1980, ingressou no Conservatório Nacional, actualmente Escola Superior de Teatro e Cinema, onde se licenciou como actor e encenador, em 1984. Desde 2000, vem desenvolvendo actividade docente na área do ensino artístico, assim como em investigação na área de documentação teatral. Como actor e encenador profissional passou por diversos palcos com inúmeras peças de renome. É Actor regular na televisão e cinema.

 

JOSÉ EDUARDO

(DOCENTE NA ÁREA DE INTERPRETAÇÃO)

 

Iniciou a carreira de actor em 1974 e é presença assídua nas produções televisivas. No cinema fez parte de várias produções com realizadores de renome e no teatro trabalhou em companhias como a Cronucópia, Teatro da Malaposta e Teatro Nacional D. Maria II. Entre 1995 e 2002 foi Director Artistico do Grupo de Teatro Alfendre (Açores).

 

Na rodagem ARFC.jpg
JOÃO ANTERO
(DOCENTE NA ÁREA DE REPRESENTAÇÃO PARA CAMARA)
 

João Antero é professor na Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, onde lecciona 5 cadeiras de Imagem no curso de Cinema, Vídeo e Comunicação Multimédia. É académico correspondente das Academia Nacional de Belas Artes e Academia de Letras e Artes Portugal. É presidente da Alentejo e Ribatejo Film Commission. Produtor e realizador e júri de alguns festivais de cinema. Leccionou Interpretação para Câmara em 2 cursos de teatro.

FOTO_INÊS_MARTINS.jpg
INÊS MARTINS
(DOCENTE NA ÁREA DE VOZ E DICÇÃO)
 

Inês Martins nasceu em Lisboa, estudou no Conservatório de Música de Lisboa, na Escola de Jazz do Hot Clube, onde mais tarde viria a integrar o corpo docente como Professora de Canto Jazz. Como professora de Educação e Expressão Musical, trabalhou em diferentes áreas de ensino, desde o pré-escolar, até ao ensino Secundário. Criou um programa de Formação em Técnicas de Comunicação Oral, Formação Contínua para Professores, em colaboração com a Associação Educativa para o Desenvolvimento da Criatividade desde 2002, e com o Cenjor - Centro de Formação de Jornalistas desde 2005. Paralelamente, como professora de Voz, tem trabalhado em diversas escolas na vertente de Actor, Escola Profissional de Teatro de Cascais, Act-escola de Actores, Restart, Etic, World Academy, e na NB Academia o módulo de Voz, nos Cursos Profissionais e Intensivo. É cantora do Coro Gulbenkian desde 1982, com quem tem actuado em inúmeros Festivais Internacionais de Música, em Portugal e no Estrangeiro, gravações de discos, e DVDs, gravações radiofónicas e transmissões de concertos via streaming.

MARTHA GARCIA

(DOCENTE NA ÁREA DE EXPRESSÃO CORPORAL)

 

Martha García natural da Colômbia, iniciou a carreira em dança em 2006. Licenciada pela Escola Superior de Dança de Lisboa. Participou como interprete e formadora na Companhia ABC.PI de Almada, no projeto da CiM – Companhía Integrada Multidiciplinar. Já trabalhou em vários projetos artísticos tais como “O Morcego”, ópera  produzida pelo Teatro Nacional de São Carlos. Co-criadora e Intérprete de Involuta, Rio Guanila e Lebh entre outras.  Docente na área da Expressão Corporal e Dança em vários locais de ensino público e privado.

 

Tássia Camargo.jpeg
TÁSSIA CAMARGO

(DOCENTE NA ÁREA DE INTERPRETAÇÃO)

 

Um dos grandes nomes da dramaturgia brasileira, tendo o seu reconhecimento além-mar com seus 40 anos dedicados ao ofício da arte. Atriz, encenadora, cineasta e produtora, transitou em trabalhos consagrados desde 1978, tendo iniciado a sua carreira com o encenador Antunes Filho. No teatro trabalhou nas montagens de Nelson Rodrigues sendo dirigida pelo próprio entre muitos outros. Na televisão atuou na TV Bandeirantes e na Rede Globo onde passou grande parte da sua carreira, contabilizando 25 anos na emissora e 27 novelas, tendo destaque na novela iconica Tieta, Dona Flor e seus dois maridos, A padroeira...Foi formadora da CAL – Centro de Artes de Laranjeiras no Rio de Janeiro uma das academias mais prestigiadas do Brasil, lecionando há mais de 15 anos, tendo formado milhares de alunos brasileiros e estrangeiros.

 

I Capuleti e i Montecchi - Espadas Cruza
TIAGO CRUZ
(DOCENTE NA ÁREA DE LUTAS CÉNICAS)
 

Formado actor pela ESTC, tendo já muitos anos de prática nas artes marciais orientais e na esgrima desportiva, Tiago da Cruz especializou-se em em combate cénico e esgrima artística com diversos formadores, de entre os quais o actor e encenador Paulo Cruz e o mestre Eugénio Roque foram os mais importantes. Actor, encenador, autor de vários textos teatrais e coreografias de combate, Tiago da Cruz é ainda mestre de armas da FPE e da Académie d'Armes Internationale, sendo formador nas suas diversas áreas de formação em várias escolas, associações e clubes.

 

Eu.JPG
LUIS SERRA SANTOS
(DOCENTE NA ÁREA DE REPRESENTAÇÃO E HISTÓRIA DO CINEMA, TEATRO E TV)
 

Licenciado em História pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e Mestre em Didática da História pela mesma instituição, tem exercido a profissão de professor profissionalizado de História do Ensino Básico e Secundário regular e profissional. As suas áreas de interesse e investigação são a História da Educação, a Arte e a Cultura que desenvolve em simultâneo com o mister do ensino.

Imagem1_edited.png
BERNARDO ANTERO
(DOCENTE NA ÁREA DE REPRESENTAÇÃO PARA CAMARA)
 

Cineasta inovador, dinâmico, motivado, organizado, com 17 anos de experiência na indústria audiovisual e com desenvolvimento de competências sempre em progresso. Tem competências administrativas em vários ramos do sector. Conta com 5 longa-metragens no seu curriculum, entre elas Chouriço Santo(realizador); A moral conjugal(Chefe de produção); O Tesouro(Dir. Produção/Montador). Realizou; produziu; colaborou em dezenas de curta-metragens, documentários, video-clips, publicidades, institucionais, programas de TV e outros conteúdos audiovisuais.

20210814_195610_edited.jpg
TERESA GRAÇA
(DOCENTE NA ÁREA DE PSICOLOGIA)
 

Psicóloga clínica e formadora. Mestrado em psicologia clínica e especialização em terapia de casal e sexualidade humana. Ligada à formação de jovens e adultos desde 2007, em vários projetos, escolas e centros de formação, na qualidade de coordenadora técnica e pedagógica, mediadora e formadora. Responsável pelo departamento de psicologia clínica em gabinete de intervenção multidisciplinar, bem como pelo departamento de formação e ação social em fundação de âmbito artístico e social. Prática clínica em consultório privado com jovens, adultos e casais.

_MG_2124.JPG
BRUNO GONÇALVES
(DOCENTE NA ÁREA DE EXPRESSÃO CORPORAL)
 

Nasceu em Lisboa, encontrando-se actualmente a fazer o mestrado em Artes Cénicas na FCSH, após ter feito a licenciatura em Teatro na Escola Superior de Artes e Design das Caldas da Rainha, assim como o Curso de Expressão Dramática no Chapitô . No seu percurso artístico, actuou em Teatro em registos diversos, como “When were You happiest” de Daniel Davies com os Lisbon Players no Estrela Hall, “Não tenho a tua vida” de Miguel Castro Caldas no Teatro da Comuna, “Menina Júlia” de A. Strindberg no TNDM II. Em Televisão participou em novelas como “Morangos com Açúcar II” e “Mundo Meu” na TVI, e em Cinema, na longa-metragem para o Museu Interactivo de Lisboa no filme “Terramoto” e "Muralhas",e ainda em Curtas diversas. Durante este período aprendeu e colaborou com diversos artistas e criadores, tais como Bruno Schiappa, Marcia Haufrecht, João Garcia Miguel, Miguel Borges, Rui Mendes, Los Fura Del Baus, Michael Margotta, Robert Castle, Zygmunt Molik, Karen Koolhass, Robert Clowes, entre outros.

image_6483441.JPG
SANDRA LIMA
(DOCENTE NA ÁREA DE PORTUGUÊS / INGLÊS)

Nasceu em Lisboa, a 30 de novembro de 1976. Licenciada em Línguas e Literaturas Modernas, pela Universidade Autónoma de Lisboa, fez uma profissionalização em inglês do ensino secundário e é docente desde 1999. Esteve envolvida no projeto Cambridge, enquanto coordenadora na escola afeta, e participou na elaboração de jogos didáticos da editora Areal. Ao longo do seu percurso fez várias formações relacionadas com a interação escola / família / alunos, nomeadamente ao nível do coaching. Em setembro de 2021 é convidada a abraçar um novo projeto enquanto docente na Escola Profissional Nicolau Breyner, função que acumula com o cargo de chefe de redação na revista LouresMagazineOdivelas. 

DANIEL COURINHA
(DOCENTE NA ÁREA DE EXPRESSÃO CORPORAL, MOVIMENTO E DANÇA)
 

Atleta de dança desportiva campeão nacional, vencedor de ranking e da taça de portugal nas épocas de 1999/2000 a 2005, iniciou o seu percurso no mundo da dança em 98 em Setúbal onde foi condecorado pela C.M.S. em 2001 e 2002. Representou Portugal em várias competições internacionais tendo como exemplo Blackpool Dance Festival e German Open Championships.

Convidado por estações televisivas nacionais e internacionais para demonstrar a modalidade, este atleta trabalhou com alguns dos nomes mais sonantes no mundo da dança de salão tais como Shirley Ballas, Ralph and Olga Muller-Omeltchenko, Sammy Stopford e Barbara McColl. Na área do espectáculo trabalhou com ByTheMusic, Miguel Vilhena, Paulo Magalhães, entre outros.

 

KATIA LEONARDO
(DOCENTE NA ÁREA DE VOZ E DICÇÃO, MÚSICA E PRÁTICA VOCAL)
 

Katia Leonardo nasceu e viveu a infância em Luanda. Desde cedo mostrou interesse pela música, dança, poesia e teatro. Descendente de Fadistas e Músicos, licenciou-se em Canto Jazz, estudou Teatro, Pintura, Composição, Técnicas de Arte Terapia e Improvisação nos EUA e Canadá, investigando métodos de desenvolvimento pessoal, artístico e criativo. Tendo colaborado em diversas sinergias artísticas internacionais enquanto cantora, compositora, letrista, professora de voz, atriz e arte terapeuta.”

 

Mariana Ballardin_edited.jpg
MARIANA BALLARDIN
(DOCENTE NA ÁREA DE EXPRESSÃO CORPORAL)
 

Mariana Ballardin é atriz, encenadora e diretora de atores. É graduada em Teatro pela Universidade Candido Mendes (Rio de Janeiro - Brasil) e mestre em Artes Cénicas pela Universidade Nova de Lisboa (Portugal). Investiga a "desobediência" na atuação contemporânea. Iniciou sua vida profissional como professora de ballet clássico aos 13 anos. É co-encenadora do espetáculo “Alice - O outro lado da história”, encenação de Miguel Thiré.

Trabalhou como assistente de grandes encenadores, como João Garcia Miguel (Portugal) e Jefferson Miranda (Brasil). Foi coach da atriz Maria João Bastos na novela “Na corda bamba”, direção de Marcos Schechtman, da TVI. Como atriz, participou dos projetos "A prisioneira" e "Amar demais".

 Escreveu e atuou no espetáculo solo "Matar e Morrer", a partir de Antígona de Sófocles.

 

20220114_110831_edited.jpg
ANA PONCE

(DOCENTE NA ÁREA DE EDUCAÇÃO FÍSICA)

 

Estudou no Instituto de Odivelas onde teve o privilégio de ter um ensino muito diversificado: costura, puericultura, artes plásticas, cozinha, arte de dizer, saúde & higiene e primeiros-socorros.

Licenciada em Educação Física no Ramo do Desporto, pela Faculdade de Motricidade Humana de Lisboa, concluída em 1992.

Conta com 25 anos de ensino oficial, 3º ensino e secundário. 3 anos de implementação de projeto afetos, com alunos do 3º ciclo.

Formações complementares em Educação para a Cidadania, Escrita criativa, Zoom Talentos e Pedagogia.

 

MARIA ALMEIDA

(DOCENTE NA ÁREA DE MAQUILHAGEM E CARACTERIZAÇÃO)

 

Com curso de formação de Make up artist e Hair Styling, desde 1998 trabalha como Make up artist em novelas da plural, em publicidade para campanhas portuguesas e internacionais e cinema. Em 2010 recebeu o prémio de melhor caracterização de cinema. Tem realizado diversas formações em escolas de Make up artist.

 

RUI BAETA
(DOCENTE NA ÁREA DE VOZ E DICÇÃO)
 

Licenciado em Canto pela Escola Superior de Música de Lisboa, Rui Baeta foi Professor de voz residente no Teatro Nacional D. Maria II. Colaborou em encenações de Diogo Infante, Fernanda Lapa, Adriano Luz, Ricardo Pais, André Teodósio, Fernando Gomes, João Grosso, entre outros.

Fez vários concertos como barítono solista, é director musical no departamento de programação infantil da RTP2, professor de Voz,  foi jurado no programa Operação Triunfo 2010 da RTP, e Vocal Coach dos participantes do programa Factor X da SIC.

 

ZÉ PIRES

(DOCENTE NA ÁREA DE INTERPRETAÇÃO PARA CAMARA)

 

Formado em Cinema pela Escola Superior de Teatro e Cinema, licenciado em Comunicação Social pela Instituto Superior Técnico da Universidade Técnica de Lisboa e mestrado em Estudos Americanos (cinema e filosofia) pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.

Director de Casting e realizador. Dá aulas de cinema documental e de representação para cinema.

Últimos projectos em que trabalhou: direcção de casting das longas-metragens “Posto Avançado do Progresso” (Hugo Vieira da Silva), “São Jorge” (Marco Martins) e “Axilas” (José Fonseca e Costa).

 

FILIPE CRAWFORD

(DOCENTE NA ÁREA DE INTERPRETAÇÃO E EXPRESSÃO CORPORAL)

Nasceu em 1957 em Lisboa. Completou o Curso de Formação de Encenadores da ESTC do Conservatório Nacional em 1982. Estagiou na Escola do Théâtre National de Strasbourg e no Conservatório de Paris. Completou o Mestrado de Estudos Teatrais da Sorbonne Nouvelle em 1987. Fundou a Companhia Meia Preta em Portugal em 1989 e a FC Produções Teatrais em 1995. Especializou-se na Técnica da Máscara, tendo criado a Escola da Máscara em 1997. Dirigiu o Teatro Casa da Comédia entre 2000 e 2012 e criou o Festival Internacional de Máscaras e Comediantes, cuja última edição foi em 2013. Divide a sua atividade entre a representação para teatro, cinema e televisão, a encenação e o ensino de Teatro.

 

ARTUR RIBEIRO

(DOCENTE NA ÁREA DE ARGUMENTO PARA CINEMA E TV)

 

Argumentista e realizador, tem um bacharelato no ramo de Montagem, uma licenciatura no ramo de Argumento pela Escola Superior de Teatro e Cinema e um doutoramento em Literatura pela Universidade do Algarve. Em 1996 foi até Los Angeles onde frequentou a escola de representação Stella Adler Acting Academy para além de participar em vários workshops na UCLA e AFI.

Foi autor de 13 telefilmes, realizando 7; co-realizado a série histórica “Equador”; autor da mini-série “O Dom” e co-autor das mini-séries “Destino Imortal” e “Redenção”, para a TVI; assim como autor e realizador da série “Um Lugar Para Viver”, para a RTP1 e autor do telefilme “Noite de Paz”, "Incógnito" e "A Viagem do Sr. Ulisses" para o mesmo canal. Recentemente, no cinema, co-escreveu, na língua inglesa, a longa-metragem “RPG”, produzida pela MGN Filmes, com Rutger Hauer e um elenco internacional. Como dramaturgo, estreou em Abril de 2012 no Teatro Nacional D. Maria II, a peça “Onde Estavas Quando Criei o Mundo?”. Em 2014, estreou-se como autor de telenovela, tendo esse primeiro trabalho, Belmonte, sido nomeado para os Emmys Internacionais.

 

ALMENO GONÇALVES

(DOCENTE NA ÁREA DA INTERPRETAÇÃO

 

Natural de Braga, estudou no Liceu Sá de Miranda, foi fundador de três grupos de teatro em Braga, entre eles o grupo de Teatro Universitário do Minho.[1]Estreou-se como actor no Teatro da Comuna, onde foi dirigido por João Mota em espectáculos como Má Sorte Ter Sido Puta, de John Ford, ou Um Eléctrico Chamado Desejo, de Tennessee Williams. Passou pelo Teatro Experimental de Cascais, Teatro Nacional D. Maria II e pelo Teatro Aberto. Trabalhou com Luís Miguel Cintra, Christine Laurent e Luís Assis, no Teatro da Cornucópia, onde interpretou peças de Beaumarchais, Francisco de Holanda e William Shakespeare. Como encenador dirigiu espectáculos de Frank Wedekind e Camilo Castelo Branco.Actor regular na televisão, tem participado em séries e novelas vistas do grande público, como Os Malucos do Riso. No cinema participou nos filmes Zona J e Um Tiro No Escuro, de Leonel Vieira, Debaixo da Cama, de Bruno Niel, e Uroboro, de Luís Gomes.

 

ritaAlagao01.jpg
RITA ALAGÃO
(DOCENTE NA ÁREA DE INTERPRETAÇÃO)
 

Licenciada pela Escola Superior de Teatro e Cinema, Mestranda em Teatro e Comunidade, Formadora Certificada pelo IQF, Actriz, Professora (ensino superior  - "Expressões Artísticas"( ISEC), "Oficina do Texto Dramátio" ( ESE João de Deus) e profissional (ECL)), Formadora de Interpretação para Televisão, Cinema e Publicidade (Workshops e Coaching), Formadora de Expressão e Comunicação (Coaching), locutora (spots publicidade) e dobradora (Disney).

MANUELA COUTO

(DOCENTE NA ÁREA DE INTERPRETAÇÃO)

 

Iniciou a sua actividade profissional em 1982 no Teatro de Animação de Setúbal, sob a direcção de Carlos César, onde se manteve até 1985. Ao lado de João Mota , inicia em 1986, ano em que termina  o Curso de Formação de Actores da Escola Superior de Teatro e Cinema do Conservatório Nacional de Lisboa, o seu trabalho na Comuna Teatro de Pesquisa, onde se manteve por quinze anos. Em 2002 inicia uma actividade mais regular na Televisão, tendo participado em diversas novelas, séries e telefilmes, também na direcção de actores, em projectos como “Casos da Vida” e a série “Equador”. Deu aulas de interpretação e em 2005 e 2006 foi nomeada para os globos de Ouro na categoria de Teatro e Cinema.

 

_leonorfonseca_carla_cor[1]_edited.jpg
CARLA QUELHAS
(DOCENTE NA ÁREA DE GESTÃO DE CARREIRA)
 

Licenciada em  cinema ramo guionismo  pela UBI e frequência  do primeiro  ano de mestrado na ESTC em Teatro – Produção.

Trabalhou na Teresa Guilherme produções, Terra do Nunca Produções, Plano 6 e Plural entertainment como produtora de elenco adicional .

Desde 2010 trabalha  na agencia Elite Lisbon como booker no departamento de actores .

JOÃO FERRADOR

(DOCENTE NA ÁREA DE INTERPRETAÇÃO)

 

Natural de Serpa, João Ferrador estreou-se no teatro profissional em 1987. Continuou a trabalhar como Ator sendo dirigido por vários encenadores como Jean Marie Villégier, João Lourenço, Carlos Avilez, Jorge Listopad, Graça Lobo, Madalena Vitorino, Silvina Pereira, Cláudia Negrão e Leonor Alcáçer entre outros, e em várias companhias de teatro como O Teatro Nacional, Teatro Experimental de Cascais, Gato que ladra, Teatro Extremo Teatro Maizum, ou Teatro da Trindade. Desde 2006 que trabalha como Encenador e Diretor de Atores. Em televisão tem trabalhado em projetos como novelas séries, novelas e telefilmes nos vários canais. É Licenciado em Estudos Artísticos/ Artes do espetáculo, na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e tem a frequência do 1º ano da licenciatura interpretação/Atores da E.S.T.C. de Lisboa.

 

RITA SALEMA

(DOCENTE NA ÁREA DE INTERPRETAÇÃO)

 

Curso de formação de atores na Comuna Teatro de Pesquisa, financiado pela CEE. Trabalhou como atriz na Comuna Teatro de Pesquisa, sob direção de João Mota, durante oito anos. No teatro trabalhou ainda noutros projectos: com direção de Fernando Gomes, também no Teatro da Comuna; com direção de Nicolau Breyner no Tivoli; com direção de Fonseca e Costa no Teatro Nacional; com direção de Heitor Lourenço no Teatro Vilaret. Desde 1992 tem trabalhado continuadamente como atriz nos vários canais de televisão portuguesa, SIC, TVI, RTP. Tem realizado diversas formações de teatro para público de todas as idades.

 

CECÍLIA SOUSA
(DOCENTE NA ÁREA DE INTERPRETAÇÃO)
 

Cecilia Sousa fez formação  na Comuna teatro de pesquisa, com João Mota,  tem o certificado de competências de formadora, fez formação do método com Márcia Haufrecht, trabalhou como actriz na Comuna teatro de pesquisa e no teatro da Mala-posta , participou como actriz em diversas series e novelas da TVI ,fez direcção de actores no bando dos quatro, morangos com açúcar e noutras séries infanto juvenis. Tem desenvolvido diversas formações de Teatro.

 

CUSTÓDIA GALEGO
(DOCENTE NA ÁREA DE INTERPRETAÇÃO)
 

Custódia Gallego troca a faculdade de medicina pelo conservatório de teatro que acaba em 1985. Fez o curso da Comuna de formação de actores com o João Mota e frequentou diversas acções de formação na área do espectáculo.

Para além de inúmeros trabalhos em teatro, em televisão começa com Luís Felipe Costa, faz séries, programas de entretenimento, sitcoms e, claro, novelas: “Filha do mar”, “Queridas Feras”, “Mistura Fina”, “Floribela”, “Vingança”, “Resistirei”. Em 2009 participa nas novelas “Podia acabar o mundo”, “Perfeito coração” e “Laços de sangue”. Em cinema trabalha com Monique Rutler, Joaquim Leitão, José Fonseca e Costa, Margarida Cardoso, João Botelho e com António Ferreira protagoniza “Esquece tudo o que te disse”.

 

JOÃO GASPAR

(DOCENTE NA ÁREA DE LUTAS CÉNICAS)

 

Desde 1983 que a actividade profissional de João está ligada à produção de filmes - primeiro como assistente de câmara, passando pela iluminação e, mais tarde, como coordenador de duplos e cenas de acção, tendo participado em mais de 400 filmes, em cinema, televisão, publicidade e espectáculos, em Portugal e no estrangeiro.
A escalada e actividades de ar livre, que pratica desde a infância, têm sido uma importante base do seu desenvolvimento pessoal e profissional, sempre acompanhado pelas viagens e fotografia.